Menu principal:

Vidraçaria Marques


Ir para o conteúdo

Curiosidades

O espelho

O espelho pode ser relacionado a vaidade, pois é através do reflexo do espelho que os seres podem se olhar, avaliar e julgar.
Possivelmente terá sido a superfície da água que inspirou o fabrico do primeiro espelho. Foram descobertos nos despojos da civilização Badariana (do Egito, junto ao Rio Nilo), espelhos de cobre, deixados pelo homem primitivo no quinto milénio a.C. Mais tarde, construíram-se espelhos de prata polida, que é boa refletora mas escurece com a atmosfera e precisa ser frequentemente limpa e trabalhada.
Os espelhos vulgares são formados por uma camada de prata, alumínio ou amálgama de estanho, que é depositada quimicamente sobre a face posterior de uma lâmina de vidro, e por trás coberta com uma substância protetora. Por sua vez, os espelhos de precisão são obtidos depositando, por evaporação sob vácuo, a camada metálica sobre a face anterior do vidro. Estes espelhos não podem ser protegidos o que implica que se realizem metalizações frequentes.
Existem diversos tipos de espelhos. Os mais utilizados são: os espelhos planos e os espelhos curvos. Um espelho plano é uma superfície plana que produz imagens virtuais e simétricas dos objectos. Assim, a imagem dada por um espelho plano é do mesmo tamanho que o objeto, é virtual, uma vez que não se pode projetar num alvo, é direita e é simétrica, ou seja, invertida.


O espelho bisotê

O espelho bisotê é escolha certa de quem está finalizando a decoração de um ambiente. As bordas trabalhadas e chanfradas em angulação formam uma moldura delicada para o espelho. Pequenos detalhes como um bisotê de 0,5 cm a 3,0 cm podem fazer a diferença.

Seja para a casa ou para escritórios, o vidro bisotê é um dos mais utilizados na decoração, agrada desde os mais tradicionais, até os mais descolados. O bisotê dá leveza ao espelho e aparência diferenciada de um espelho comum.

Veja as fotos e faça já o seu orçamento!


Voltar para o conteúdo | Voltar para menu principal